Carregando
30/01/2020

Análise do mercado imobiliário


E então? A crise no mercado imobiliário passou? Mais negócios estão sendo feitos? Mas os preços ainda estão baixos, não estão?

Essas são algumas das perguntas que ouço quase diariamente. E claro que não existe uma resposta pronta, já que cada imóvel tem sua peculiaridade: não podemos, por exemplo, comparar um 3 quartos de frente para o mar com um 2 quartos em um local menos valorizado. Mas os sinais que o mercado manda são: sim, a crise no mercado imobiliário passou. Ou está batendo na porta, já em vias de passar.

Os sinais são diversos, e isso tanto em compra/venda quanto em locação: a procura, que está muito, mas muito grande; os negócios que estão sendo feitos, que vemos que estão sendo feitos; os números que os bancos informam, de aumento substancial na liberação de financiamento imobiliário. Ouso dizer que estamos um pouco além: determinados perfis de imóveis já começam a faltar. Falando por Vitória e Vila Velha, sobre compra/venda: imóveis em bairros valorizados, com 3 quartos, 2 ou mais vagas, com lazer e com menos de 10 anos de construção ou não se encontra mais ou se encontra, mas por valores elevadissimos. Locação a mesma coisa: a demanda está enorme, imóveis residenciais de melhor padrão já ou não temos no mercado, ou temos mas por valor elevado. As comparações de valores são com os últimos 5 anos.

Um exemplo de uma locação que fizemos agora em janeiro/2020: o Locatário devolveu o imóvel na última semana de dezembro/19, pagando um aluguel que até 6 meses antes estava atualizado, o que demonstra uma mudança rápida no mercado. Como estamos sempre analisando o mercado, sugerimos ao proprietário aumentarmos em 20% o valor para nova locação, o que foi prontamente aceito. Resultado: em menos de 2 semanas o imóvel foi alugado, e havia uma fila de espera por ele caso a pessoa desistisse da locação. No caso, é um imóvel com 10 anos de construção, com benfeitorias internas (armários em perfeito estado, varanda com fechamento de vidro, entre outros) e com lazer, que são os pontos mais pedidos atualmente, além do pedido de ao menos 2 vagas de garagem. 

Minha sugestão, de uma pessoa que está no mercado imobiliário há 23 anos: os valores subirão ainda mais. Se já decidiu que é o momento de comprar ou alugar, comece agora a procurar as opções existentes no mercado. Aquele mercado com inúmeras oportunidades em relação a valores está no fim. 


Autor: Luiz Felippe Fidalgo